Make your own free website on Tripod.com

As Cores da Bandeira do Brasil

Início
Contato
Receitas
Português
História
Passatempos
Notícias
Informações
Links

Você conhece a bandeira brasileira? Será que essas são suas cores? Fixe a vista por 30 segundos na letra "e" da frase "Ordem e Progresso" que aparece na bandeira e depois olhe para uma parede ou uma folha de papel branca. 

bandeira.jpg

Alguns dados sobre a Bandeira brasileira:
 
        A atual Bandeira do Brasil foi adotada pelo decreto no 4 de 19 de novembro de 1889. Este decreto foi preparado por Benjamin Constant, membro do Governo Provisório.
Segundo afirma Raimundo Olavo Coimbra, vários foram os fatores que determinaram a mudança da Bandeira Imperial.
Primeiramente, uma onda anti-imperial, na qual a mudança da bandeira se fazia necessária, já que os republicanos não queriam associar seu projeto político ao regime monárquico.
Um segundo fator foi a influência do positivismo, já que a bandeira foi um projeto de Teixeira Mendes, líder positivista no Brasil, e por isso, incluiu uma simplificação do lema positivista em nossa bandeira: Ordem e Progresso.
E o terceiro fator foi a questão de fugir da imitação da bandeira norte-americana, já que o novo nome do país já era uma cópia:

República dos Estados Unidos do Brasil (sic).
 
        A idéia da nova Bandeira do Brasil, inspirada na bandeira do Império, deve-se ao professor Raimundo Teixeira Mendes, presidente do Apostolado Positivista do Brasil. Com ele colaboraram o Dr. Miguel Lemos e o professor Manuel Pereira Reis, catedrático de astronomia da Escola Politécnica. O desenho foi executado pelo pintor Décio Vilares. 
        Quanto às cores, o verde e o amarelo estão associados à casa real de Bragança, da qual fazia parte o imperador D. Pedro I, e à casa real dos Habsburg, à qual pertencia a imperatriz D. Leopoldina. O círculo interno azul corresponde a uma imagem da esfera celeste, inclinada segundo a latitude da cidade do Rio de Janeiro às 12 horas siderais (8 horas e 30 minutos) do dia 15 de novembro de 1889.
        Cada estrela representa um estado da federação. Todas as estrelas têm cinco pontas. As estrelas não têm o mesmo tamanho; elas aparecem em 5 (cinco) dimensões: de primeira, segunda, terceira, quarta e quinta grandezas. Estas dimensões não correspondem diretamente às magnitudes astronômicas mas estão relacionadas com elas. Quanto maior a magnitude da estrela maior é o seu tamanho na Bandeira. Nove constelações, com um total de 27 estrelas, estão representadas na Bandeira.
        Embora alguns digam que a faixa branca representa a eclíptica (círculo máximo da esfera celeste corresponde à trajetória do Sol em seu movimento anual aparente, em torno da Terra, cujo plano forma com o do Equador um ângulo de 23º.27"), ou o equador celeste (círculo máximo da esfera celeste resultante da interseção da esfera celeste com o plano que passa pelo equador da Terra) ou o zodíaco (faixa de 8º para cada lado da Eclítica, por onde transitam o Sol a Lua e os planetas, e que contêm 12 constelações zodiacais), na verdade a faixa branca da  bandeira é apenas um lugar para a inscrição do lema "Ordem e Progresso". Ela não tem qualquer relação com definições astronômicas.
        O lema "Ordem e Progresso" é atribuído ao filósofo positivista francês Augusto Comte (1798-1857), que tinha vários seguidores no Brasil, entre eles o professor Teixeira Mendes, o mentor da bandeira republicana.
O Dia da Bandeira é comemorado em 19 de novembro, data em que ela foi adotada em 1889.

bannacional.gif

envelopeanimado.gif

Copyright 2005-2008 © Português Bahía Blanca ׀ Todos os Direitos Reservados

Página atualizada em 13/02/09 ׀ Estamos na Internet desde 01/11/05

Para ouvir a música novamente, clique aqui